Como conhecer novos lugares fazendo trabalho voluntário

Registro do voluntariado que fiz no carnaval. (FOTO: arquivo pessoal)

Viajar é uma experiência única, mas e se você pudesse fazer isso e ainda colaborar para a mudança no mundo? Com o trabalho voluntário, você pode conhecer novos destinos e fazer a diferença na vida de comunidades, projetos sociais e organizações.

É uma oportunidade de desenvolver habilidades, fazer novas amizades e melhorar a saúde mental e física. Além disso, a experiência traz novas perspectivas capazes de mudar a forma como você vê a si mesmo e o mundo a sua volta.

Então, que tal trazer um novo significado para a sua próxima viagem? Conheça algumas dicas de como viajar e conhecer novos lugares fazendo trabalho voluntário.

Worldpackers

A hospedagem é um dos itens mais importantes no planejamento de uma viagem, afinal, você precisa de uma estadia segura e confortável. Mas ela também pesa no orçamento, ou seja, é uma necessidade que custa caro. Mas você sabia que é possível hospedar-se de graça? A Worldpackers é uma plataforma que conecta anfitriões e viajantes para hospedagem gratuita em troca de um trabalho voluntário.

São várias atividades disponíveis, você pode usar habilidades que já possui ou aprender algo novo. Veja algumas opções:

  • trabalhar na área administrativa de hostels;
  • desenvolver projetos ecológicos;
  • dar aulas em ONGs e escolas;
  • atuar em projetos sociais.

E o melhor: alguns anfitriões também oferecem refeições gratuitas e descontos em passeios. Com algumas horas de dedicação por dia, você terá muitos aprendizados e poderá passar mais tempo viajando. No site e no aplicativo da plataforma, você pode filtrar as atividades do seu interesse e escolher aquela que mais se encaixa no seu perfil.

O mais legal é que a plataforma foi criada por dois brasileiros e tem vagas para todo o mundo. O período é definido por você: curto, médio ou longo. E todos os anfitriões e viajantes recebem avaliações, o que ajuda muito na hora de escolher uma vaga. É uma ótima oportunidade de economizar durante uma viagem curta ou de aproveitar melhor o seu mochilão.

Programa de Voluntariado do ICMBio

Quem me conhece sabe que esse é o meu xodó porque eu simplesmente falo para todo mundo o quanto essa experiência mudou a minha vida. Já realizei três trabalhos voluntários para o ICMBio e tenho mais um agendado para este ano. Confesso que fico olhando os editais para definir meus próximos destinos.

Mas o que é o Programa de Voluntariado do ICMBio e como ele funciona? Bem, ele foi criado em 2009 e tem como objetivo conscientizar e promover o engajamento da sociedade na conservação da biodiversidade por meio da ação voluntária e do reconhecimento público dessa contribuição.

A atuação ocorre em Unidades de Conservação e geralmente oferecem como contrapartida hospedagem e auxílio na alimentação. O programa é dividido em diversas áreas temáticas:

  • administração;
  • comunicação;
  • consolidação territorial;
  • gestão socioambiental;
  • manejo para conservação;
  • pesquisa, monitoramento e gestão da informação;
  • produção e uso sustentável: apoio às populações tradicionais;
  • proteção ambiental;
  • uso público e negócios.

O programa recebe pessoas físicas de diferentes perfis, independentemente da idade. Os principais requisitos são disposição, compromisso e vontade de colaborar para a conservação da natureza e do bem público. Para participar, é preciso acessar o site e criar um cadastro na plataforma. Neste espaço o voluntário pode acompanhar os editais com vagas em Unidades de Conservação de todo o país.

Extra: se você é do Ceará, que tal trabalhar no Parque Nacional de Ubajara? Tem duas chamadas abertas com prazo de inscrição até o dia 10/04. Já me voluntariei lá e posso dizer que a experiência é única.

Vale lembrar que o trabalho voluntário no Brasil é regido pela Lei nº 9.608/1998 e trata-se de uma atividade não remunerada prestada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza ou a instituição privada de fins não lucrativos que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência à pessoa. O serviço voluntário não gera vínculo empregatício, nem obrigação de natureza trabalhista previdenciária ou afim.

Como escolher um trabalho voluntário para a sua viagem

Existem três formas de escolher um trabalho voluntário: pela causa, pelo projeto ou pela convicção. Depois de escolher o tipo de trabalho voluntário, é hora de colocar no papel o seu tempo disponível, suas habilidades e o planejamento financeiro. Por fim, é só aplicar para uma vaga e esperar a confirmação.

Normalmente os trabalhos voluntários disponibilizam tempo livre para você conhecer melhor o destino ou outras atividades que desejar. Então não tenha medo em escolher destinos desconhecidos, pois eles podem trazer vivências inesquecíveis.

Viajar fazendo trabalho voluntário é uma das experiências mais completas e autênticas que você pode ter na vida. Ela vai ser bem mais econômica do que a viagem turística tradicional e ainda trará grandes aprendizados. E uma coisa eu garanto: depois do primeiro, você não vai pensar em outra coisa!

Gostou do post? Então compartilhe com os seus amigos!